Natura busca soluções para desafios climáticos por meio do Programa Carbono Neutro

11/12/2011
COMPARTILHE

Em 2010 foi alcançada uma redução acumulada de 21% nas emissões relativas de GEE da Natura

A Natura entende que o desafio das mudanças climáticas deve ser enfrentado de forma colaborativa por todos, por isso assume seu papel na busca de soluções para a superação da crise climática e acredita que o setor empresarial tem a capacidade de influenciar o poder público e a sociedade civil de forma a estabelecer uma economia de baixo carbono. Neste contexto, foi criado em 2007 o Programa Natura Carbono Neutro, para promover uma redução contínua e significativa das emissões de gases de efeito estufa (GEE) e reduzir o impacto que causa, evitando que as emissões cresçam proporcionais às operações da empresa.

O programa está dividido em pilares que orientam as ações de melhoria contínua e o aperfeiçoamento dos processos. Os pilares definidos no programa são: Inventário de GEE (medição e registro das emissões com escopo ampliado, desde a extração de recursos naturais para produção de matérias-primas até o descarte final dos conteúdos e embalagens pós-consumo), Redução (ações e processos visando redução de emissão relativa e absoluta dos GEEs) e Compensação (apoio a projetos de compensação, para neutralizar as emissões que não puderam ser evitadas, com foco em benefícios socioambientais).

Em 2007 a Natura estabeleceu um compromisso público de redução em 33% das emissões por quilo de produto faturado até 2013 utilizando como base o ano de 2006. Adicionalmente, foi assinado junto ao WWF no programa Climate Savers o compromisso de redução de 10% nas emissões absolutas (escopo 1 e 2) até 2012 com base em 2008.

Durante a caminhada para redução das emissões do GEE foi lançado em 2010 o programa Menos Carbono Mais Produtividade que incorporou diversas melhorias como: criação da calculadora de impactos ambientais direcionada para área de Inovação de Produtos; estabelecimento de políticas que restringem o lançamento de produtos mais impactantes em relação ao portfólio atual; estimadores de carbono que permitem que cada gestor possa frequentemente monitorar seu impacto e incluir a avaliação deste indicador nas tomadas de decisão de sua área; inclusão da avaliação do impacto de carbono no sistema de gestão interna de projetos. A principal entrega do programa foi criar e aprovar uma carteira de novos projetos de redução para alcançar o compromisso de redução.

Desde a criação do programa Carbono Neutro, a Natura tem realizado diversas ações para reduzir a emissão dos GEE, como: substituição do álcool comum por álcool orgânico (perfumaria e desodorantes), substituição de óleos minerais por vegetais; substituição do papel da revista Natura; maior uso de material reciclado e introdução de biopolímeros nas embalagens; abertura de novos centros de distribuição e utilização de softwares de roteirização para otimizar os transportes, diminuindo quilometragem percorrida no percurso.

Em 2010 foi alcançada uma redução acumulada de 21% nas emissões relativas. O principal desafio agora é manter este ritmo de redução e garantir a implementação da carteira dos novos projetos de forma a cumprir com nosso compromisso de redução previamente assumido.

Através de sua experiência, a Natura vislumbra oportunidades de agir junto ao Poder Público no desenvolvimento de Políticas Públicas e incentivos fiscais para redução de carbono. A empresa acredita também haver possibilidades de desenvolver trabalho em parceria com organizações de diferentes setores e segmentos para fomentar e desenvolver novas tecnologias de produção mais limpa.

Disclaimer: A empresa atesta e se responsabiliza pela veracidade e rigor das informações relatadas. A Fundação Getulio Vargas se exime de quaisquer responsabilidades sobre as informações prestadas pela empresa. A publicação dos cases não implica em endosso ou aprovação das práticas da empresa pela Fundação Getulio Vargas.

Mais Lidos

Nenhum post encontrado.