O cálculo e a gestão de emissões de gases de efeito estufa reafirmam compromisso histórico da Ticket com a questão ambiental

11/12/2011
COMPARTILHE

O Ticket Car Carbon Control calcula as emissões de CO2e a partir do consumo de combustível nas frotas dos clientes

O desejo de exercer um papel social relevante está na origem da Ticket, empresa do Grupo Edenred. Esse posicionamento foi concretizado com a mudança da plataforma tecnológica de papel para cartões eletrônicos; programas internos de conscientização e coleta seletiva do lixo; utilização de papel 100% reciclado no Ticket Restaurante; mudança para um prédio sustentável (certificação LEED); substituição das impressoras e dos monitores convencionais por telas de LCD, gerando economia de 40% de energia, bem como de 30% do consumo de impressão.

Em 2009, a Ticket foi uma das fundadoras da Plataforma Empresas pelo Clima (EPC) e, no ano seguinte, constituiu o Comitê de Responsabilidade Social Corporativa. Esse engajamento resultou no Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), com a verificação da Bureau Veritas Certification. A adesão ao EPC também consolidou uma oportunidade de negócios com o Ticket Car, líder em gestão de frotas no mercado de transportes. A partir do controle do abastecimento de 350 mil veículos atendidos pelo produto, a Ticket desenvolveu ferramentas para o cálculo das emissões de GEE, de acordo com a metodologia GHG Protocol: o Ticket Car Carbon Control, que calcula as emissões de CO2e a partir do consumo de combustível nas frotas dos clientes, para efeito de redução, e o Ticket Car Carbon Free, programa de compensação para as emissões inevitáveis.

A participação no EPC permitiu a apresentação de propostas e a consolidação do Ticket Car Carbon Control com a verificação da PriceWaterhouseCoopers. A produção do inventário trouxe desafios, como a criação de procedimentos para a coleta de dados; identificação das emissões das atividades do escopo 3 (escopo referente às emissões indiretas de GEE, de acordo com a metodologia GHG Protocol) e a definição de indicadores de performance alinhados com o Sistema de Gestão Ambiental da ISO 14001 (em implantação).

Internamente, foram reduzidas as linhas de ônibus fretados, minimizando os efeitos da maior fonte de emissões: o transporte dos colaboradores. Para não prejudicar os usuários, a empresa lançou a “Carona Solidária”, campanha em que caroneiros e caronistas se cadastram na intranet, otimizando o uso dos veículos particulares. Outras medidas serão tomadas e as emissões inevitáveis serão compensadas com projetos socioambientais. A Ticket trabalha ainda na definição de uma Política Ambiental para fundamentar o Sistema de Gestão Ambiental no âmbito da Certificação ISO 14001 em curso.

Externamente, os novos produtos Ticket Car viabilizam melhorias na gestão das frotas por parte das empresas, promovendo a redução ou compensação de emissões. A Ticket concentra esforços na divulgação dessas ferramentas e na promoção de ações de conscientização dos gestores.

Entre os próximos passos visualizados pela Ticket estão: estabelecer um novo paradigma de gestão para definir as metas de redução e compensar as emissões de 2010, investir em ferramentas sustentáveis, conhecer a pegada de carbono dos produtos e influenciar os fornecedores na adoção dos preceitos da economia de baixo carbono.

Disclaimer: A empresa atesta e se responsabiliza pela veracidade e rigor das informações relatadas. A Fundação Getulio Vargas se exime de quaisquer responsabilidades sobre as informações prestadas pela empresa. A publicação dos cases não implica em endosso ou aprovação das práticas da empresa pela Fundação Getulio Vargas.

Mais Lidos

Nenhum post encontrado.